Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest
1º CICLO DE PALESTRAS SOBRE O USO CULTURAL DA FLORA POR PEDRO LUZ
Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Período do dia 30 de julho ao dia 3 de agosto de 2018
Inscrição e informações: dantes@dantes.com.br
Programação –
Primeira palestraO uso cultural de plantas psicoativas
Conteúdo – Nessa fala estaremos fundamentados por nossa obra “Carta Psiconáutica”, publicada pela Dantes Editora, discorrendo acerca de diferentes espécies botânicas, e de fungos, que lograram ter uso sacramental e/ou recreacional devido suas propriedades psicoativas. Contemplaremos seus nomes científicos, princípios ativos, efeitos farmacológicos, usos medicinais, ritualísticos e recreacionais, bem como comentaremos relatos de experiências contemporâneas com essas. Nossa abordagem tem o viés específico da orientação para redução de danos.
Segunda Palestra A história do uso cultural da Cannabis e a luta pela legalização do uso medicinal dessa no Brasil
Conteúdo – Nessa fala nos basearemos em pesquisa corrente que estamos orientando no tema na FURB. Trataremos da história do uso cultural da Cannabis, sua proibição no Brasil e a articulação do discurso médico com essa no século XIX, o papel da contracultura na expansão de seu uso em nosso país, a ideologia proibicionista e suas consequências sociais, a visão do aparato policial-repressor em relação ao usuário e ao traficante, a “cultura canábica” em seu desenvolvimento e quadro atual, a luta pelo uso medicinal da Cannabis no Brasil e os agentes sociais envolvidos nessa.
Terceira palestra O uso ameríndio da Ayahuasca e sua expansão mundial
Conteúdo – Nessa fala, a partir de nossa dissertação de mestrado, orientada pelo Prof. Dr. Eduardo Viveiros de Castro, e de nossas leituras atuais no tema, discorreremos acerca do uso dado a Banisteriopsis spp., e plantas aditivas a essa, entre povos indígenas da Amazônia Ocidental, realizando um esforço comparativo para tentar caracterizar uma “cultura ayahuasqueira”, tendo como ponto de partida a diversidade dos usos culturais dados a essa planta pelos diferentes povos que dela se valem. Também refletiremos sobre a expansão das religiões neo-ayahuasqueiras, do turismo étnico fundamentado na experiência junto aos nativos com a Ayahuasca, da globalização do uso e da mercantilização desse no quadro do neo-xamanismo.

NAVEDANTES NA TERCEIRA FEIRA
Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Nos dias 25, 26, 27 e 28 de janeiro, das 16h às 22h, a NaveDantes participará da Terceira Feira juntamente com os selos CEP, Sarau do Escritório, Oficina Experimental de Poesia, Mulheres que Escrevem, a Garupa, Cozinha Experimental, 7 letras e Luna Parque. Nos vemos lá!