Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Astronautas Daqui

Entre o inverno de 2010 e o verão de 2012, editamos esse livro com muito amor através de longas conversas, encontros, trocas de mensagens e bate-papos por skype com o autor Marcelo Yuka. O trabalho nasceu do contato com seus rascunhos, acompanhou o turbilhão de sua escrita e o despertar das ilustrações, passou pela edição até o projeto gráfico que conta com uma foto da parede que o coletivo de grafite argentino Triangulo Dorado pintou em Buenos Aires especialmente para a capa de Astronautas Daqui.
Astronautas Daqui é navegável em quatro capítulos. Poesia Anti Completa é como Marcelo Yuka chama sua coleção de frases, que podem passar anos a espera de um complemento em cadernos e folhas soltas. Canções Pra Depois do Ódio é o livro de poesia que foi escrito entre 2011 e 2012, o que ele chama de ‘o escoamento de uma vida sem confortos’. Ócio é o nome de uma banda imaginária e engraçada, mas nem tanto, a revolta roqueira inicialmente branda, de sacanagem, que chega contundente ao poema Anjos da Carniça. Ao final estão as letras de música, seu universo mais frequente, onde sua voz autoral reverbera com a do público. A poesia de Marcelo Yuka é feita de forma valente e com vocabulário simples. Está no que ele julga que ela seja, mas, principalmente, no que ele fala, observa ou escreve num e-mail qualquer. É seu talento em dar apelidos aos amigos, síntese de suas observações. Está nele todos os dias, no malabarismo quando sugere um novo ângulo, na invertida lógica e na cambalhota no ar.
Marcelo Yuka se joga no vazio e voa.

Feito para a editora LeYa em 2012.

 

ASTRONAUTAS DAQUI