Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

Glaziou e os Jardins Sinuosos

Raras fotografias pessoais, um busto de bronze numa alameda de sapucaias, plantas coletadas em trilhas desaparecidas, um epíteto, uma coleção de plantas secas dispersa em vários herbários, uma lista em dois volumes com as plantas do Brasil, algumas plantas baixas, projetos com autoria atribuída, cartas nunca relidas e uma breve memória reveladora escrita um ano antes de morrer.
Retraçar a vida de qualquer pessoa é uma tarefa impossível.
Retraçar a vida de um homem, cuja a história é pouco documentada, além de impossível é arriscado.
O projeto desta exposição é uma criação coletiva.
O objetivo não é definir um personagem histórico, e sim sugerir pontos de contato (materiais ou apenas em sombra) para que sua obra seja valorizada. Também não é uma retrospetiva, e sim a edição de registros de época em perspectiva.
A ala central – ponte entre a França e o Brasil feita por mestres naturalistas – liga alas laterais cada qual dedicada a um destes países.
Na ala francesa, a passagem por uma cidade em reformas e a influência das técnicas de botânica e dos jardins paisagísticos.
Na saleta extrema desta ala estão reunidos exemplares de plantas secas, testemunhos que atravessam a história de uma vida dedicada as plantas. A ala brasileira convida a um passeio através de imagens que revelam a sensibilidade do artista que dominou a composição da paisagem externa e da natureza representada.
Na saleta extrema oferecemos uma pausa para contemplar a imagem da vida, que atravessa a história, presente nos jardins de hoje. Iluminamos alguns caminhos sinuosos que levam a Glaziou.

FICHA TÉCNICA:
Curadoria e edição:  Anna Dantes
Consultoria Científica:  Jean-Yves Mérian
Arquitetura: Israel Nunes
Dressing: Angèle Fróes
Direção de montagem: Zilda Moschkovich
Projeções: Joana Ventura e João Bonelli
Assistente de Projeções: Daniel Gnattali
Trilha sonora: Lucas Santtana
Design gráfico: Luiza Marcier e Carolina Vaz
Assistente de design gráfico: Juliana Montenegro
Foto da Capa do Catálogo: Anna Dantes
Assistente de edição: Juliana Wähner
Produção: Automatica
Coordenação de produção: Luiza Mello
Produção: Bebel Kastrup, Bruno Monnerat e Mariana Schincariol de Mello
Gestão: Marisa S. Mello
Maquete: Flavio Papi
Iluminação: Belight Molduras Arts Glatt
Cenotécnico: Humberto Silva Jr
Caligrafia: Maria Alice de Rezende
Aplicação de estêncil: Julia Ribas
Lambe-lambe: Baranda
Costureira: Sônia Regina Martins
Estofador: Carlos Botelho
Traduções: André Telles (Auguste Glaziou e seus mestres franceses em Bordeaux e Tijuca: a floresta obra de arte do Rio de Janeiro) e Jean-Yves Mérian (Plantae Brasiliae centralis a Glaziou lectae)
Versões: Janine Houard
Revisão: Duas Águas Editoração e Consultoria
Gráfica: Alex Sanches Lima | Abegraph
Logística: Ana Lacerda | Al Consultancy
Seguro: José Rodrigo Octavio | JMS Adm. e corretagem
Textos: Alda Heizer, Auguste Glaziou, Auguste Saint-Hilaire Isabelle Guillauic, Jean-Yves Mérian, Jean Pierre Beriac, Maria Anita Fraga Souza
Acervo:
Biblioteca Barbosa Rodrigues l JBRJ Fundação Biblioteca Nacional
Fundação Parques e Jardins Instituto Moreira Salles
Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro
Museu Nacional l UFRJ Muséum National d’Histoire Naturelle
The Natural History Museum
Luiz Aquila da Rocha Miranda
Apoio: Consulado Geral da França no Rio de Janeiro Universidade Rennes 2 Haute Bretagne
Patrocínio: Light, Natura, Wilson Sons

fotos da montagem por Pepê Schettino 

 

Convite

Catálogo

Edição bilíngue (português e francês) do Catálogo da exposicão Glaziou e os jardins sinuosos que realizamos em 2009 no Museu do Meio Ambiente no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Texto de Jean-Yves Mérian, Jean Pierre Bériac, Alda Heizer, Maria Anita Fraga Souto, Isabelle Guillauic e Auguste Glaziou. Projeto gráfico Luiza Marcier e Carolina Vaz.

Glaziou e os Jardins Sinuosos