Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest
Quer comprar este livro? Acesse a página do livro clicando no botão!
COMPRAR

Una Isi Kayawa

Una Isi Kayawa – Livro da cura é um livro pioneiro que reúne o profundo conhecimento das plantas e as práticas medicinais do povo indígena Huni Kuin, também conhecido como Kaxinawa, maior população indígena do Acre. Até então acessível apenas pela tradição oral, este saber ancestral começa agora a se tornar disponível para toda a humanidade. Realizado pelo Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) e pela Dantes Editora, Una Isi Kayawa é um testemunho vivo do conhecimento do povo do Rio Jordão. Sua concepção e idealização fazem parte de um longo processo de pesquisa, encontros, conversas, rezas e relatos. Um projeto tão desafiador quanto gratificante, que envolveu dois anos e meio de trabalho ininterrupto: cinco viagens ao Rio Jordão, no Acre, e quatro residências de tradutores no Rio de Janeiro. O livro foi cercado de cuidados, tanto na pesquisa quanto na sua produção. Um exemplo é a fonte hunikuin, criada em 2011 especialmente para o projeto, a partir das letras manuscritas dos cadernos de pesquisas dos pajés e aprendizes. A primeira tiragem de mil exemplares foi produzida em papel plástico de garrafas pet para sobreviver à umidade da floresta. Em maio, 400 exemplares foram distribuídos entre pajés e aprendizes do Rio Jordão, em uma grande festa, e também para lideranças e pajés das 32 aldeias da região ao longo do rio. Através de uma votação entre os Huni Kuin, foi decidido que o livro poderia ser distribuído também fora da aldeia indígena. A partir dessa assembléia foi impressa mais uma tiragem para comercialização, considerando os plenos direitos autorais indígenas e distribuindo esse recurso para os autores Huni Kuin. Em Una Isi Kayawa – Livro da cura do povo Huni Kuin do rio Jordão, o sagrado e a ciência se reúnem. O livro foi sonhado por mais de 20 anos pelo pajé Agostinho Ika Muru (1944-2011), organizador da edição juntamente com o botânico Alexandre Quinet.

FICHA TÉCNICA:

Organizadores: Agostinho Manduca Mateus Ika Muru e Alexandre Quinet
Autores: Agostinho Manduca Mateus Ika Muru, Manuel Vandique Dua Buse, Lauro Sales, Sávio Barbosa e o povo Huni Kuin do rio Jordão
Edição e projeto gráfico: Anna Dantes
Fotografia: Camilla Coutinho Silva com a colaboração de registros de Gabriel Rosa, Ernesto Neto, Deborah Castor, Kathy Makuani e Juliana Wähner
Tradutores hatxa kuin: Isaka Mateus Huni Kuin, Ibã Sales e José Mateus Itsairu.
Revisão hatxa Kuin: José Mateus Itsairu
Revisão das famílias das plantas: Manuel Vandique Dua Buse
Revisão tratamentos e plantas de Huã Karu: Txana Ixã
Revisão Português: Ana Miranda
Revisão Botânica: Regina Helena Potsh Andreata
Revisão Bibliográfica: Cristiana Maria Vasconcellos Goulart de Amarante
Cinegrafistas: Nara Mattos e Gabriel Rosa
Etnobotânica e transcrições em português: Pedro Fernandes Luz
Assistente de etnobotânica: Ananda Bevilaqua
Assistente de design: Juliana Wähner
Produção da oficina Mibã: Alexandre Quinet, Anna Dantes, Luiza Brettas e Carlos Alberto Saraiva
Colaboradores botânicos: Adriana Quintella Lobão (ANNONACEAE), Alain Chautems (Gesneriaceae), Claudine Massi Mynssen (Pteridófita), Eduardo da Silva Leal (CYCLANTHACEAE), Eduardo Martins Saddi (Orchydaceae ), Eliane de Lima Jacques (BEGONIACEAE), Elsie Franklin Guimaraes (Piperaceae), Haroldo Cavalcante de Lima (Leguminosae), Herison Medeiros de Oliveira (Sapindaceae), João Marcelo Alvarenga Braga (Menispermaceae, Costaceae , Zingiberaceae), Marco Octávio Pellegrini (Commelinaceae), Marcus Alberto Nadruz Coelho (Araceae ), Massimo Giuseppe Bovini (Solanaceae , Malvaceae), Nilda Marquete Ferreira da Silva (Violaceae), Ronaldo Marquete (Flacourtiaceae) e Sheila Regina Profice (Acanthaceae).
Patrocínio: Jardim Botânico do Rio de Janeiro, CNC Flora, Fundação Flora, Conservação Internacional, Funarte
Apoio: Askarj, IGF (Instituto Guardiões da Floresta), Pancrom Indústria Gráfica

 

una isi kayawá