Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on Pinterest

SETOR X

São laboratórios editoriais nas areas de texto, fotografia e design. Enquanto ensinamos, e colaboramos com a formação de alunos nessas áreas, trabalhamos, de forma participativa e coletiva, na edição de uma revista impressa como suporte para o material produzido no laboratório.
Os laboratórios são práticos e resultam em produtos (as revistas e um site) que dialogam com a comunidade e a representam diretamente.
Durante as “aulas” exploramos também as areas da ilustração, da criação de fanzines e outras técnicas que já façam parte do universo do grupo.
Na primeira fase, entre 2011 e 2015, trabalhamos nas Bibliotecas Parque de Manguinhos, Alemão e Rocinha. Com mediação de Carlito Azevedo três autores do Setor X participaram de uma mesa na Flip 2015.
No final de 2015, através do IEAHU Instituto de Estudos Avançados em Humanidades da PUC-Rio e da coordenação da professora Ana Kiffer, alunos de todos os laboratórios se reuniram na com alunos dos departamentos de Letras e Design da Puc para a realização do número 6 da revista Setor X.
Nossa ideia fundamental é a de que não há periferia e sim epicentros culturais. Os laboratórios e as revistas buscam abrir um canal de expressão que colabora na formação de uma rede menos centralizadora de geração cultural.